sábado, 10 de julho de 2010

Por que meu ex-ficante assumiu namoro com outra garota e não deu a mesma chance para nós enquanto ainda estávamos juntos?

 Pergunta: Olá Rita,

Eu gostaria de saber a sua opinião: Estava ficando com um garoto quatro anos mais novo que eu já fazia um pouco mais de 1 ano... E entre indas e vindas ele começou a namorar uma guria da minha idade e, não é por nada, mas ela não tem uma aparência muito atraente... Fiquei tentando entender porque ele namorou com ela e não comigo... já sei que tenho que esquecê-lo...mas sinto saudades e continuo gostando dele... E sei lá...Fico tentanto entender o que aconteceu... Poxa, a gente se dava bem, eu nao entendi pq eu nao tive essa chance.... Já que ele comecou a namorar uma garota nada a ver... Não é só pela beleza... Mas eu acho que talvez eu não me fiz entender e agora é tarde... Sabe como? Só que ele também era confuso e não deixava claro o que queria... Entao eu fiquei tão reservada, com receio de dizer o que eu realmente eu esperava do relacionamento, que de repente veio alguém que exigiu algo com mais seriedade e ele disse sim. Eu só não compreendo. Fico me perguntando: Por que ele não nos deu essa chance? 
(Enviado por Rosana, em 9 de julho de 2010)


Rita: 


   Querida Rosana,

   Eu estou aqui para te dizer que você não esta interessada no garoto realmente. A partir do que você me conta, você está interessada na garota, e em se comparar com ela. Enquanto o garoto, por sua vez, parece ser mais como um acessório para você ter uma vitória contra ela. Ele já se tornou como um objeto do seu ego, que agora se sente machucado. O seu coração, por sua vez sim está feliz, pois já está livre de alguém que ele nunca quis, pois se algum dia o tivesse querido, você teria tido a motivação para dizer o que você esperava do relacionamento. Mas você não está escutando a alegria do seu coração. Ao invés disso, você está escutando as reclamações do seu ego.
   Se você não fez o que aquela garota fez, de exigir dele algo mais sério, foi porque você não estava motivada. Isso era algo que não era para você, mas que agora você não esta deixando ir. Este garoto não estava em seu destino, não estava vibrando com você. Agora é preciso deixá-lo ir, para abrir portas a alguém que te motive. Se você não fez o que você pensa que deveria ter feito, é porque você não estava motivada no coração. Não era o tempo e não era o espaço certo pra acontecer isso entre você e esse garoto.
   No entanto, agora, é a sua mente que quer esse garoto. Não é o seu coração, não é a sua essência, não é a melhor parte de você que quer esse garoto, mas sim a sua parte mais superficial. Várias vezes, ao longo do texto da sua pergunta, você se compara com outra garota. Você já investigou tanto, que agora você sabe vários dados a respeito dela e os está usando para se comparar. Mas a comparação só te machuca ainda mais e cada vez mais.
   O que você primeiramente deve saber é que você é um ser especial; único. Você nunca deve se comparar com ninguém, muito menos por algo que a outra pessoa fez e você não, ou vice-versa. Você é um ser que além de especial e único, é também perfeito e infinito. Todas as pessoas são infinitas e esse garoto também. Por isso, primeiro, quando você diz: “eu só tento entender, porque ele deu isso a ela e não a mim”, a única coisa que eu posso te dizer é “páre”. Páre de tentar entender alguém mais.  Cada pessoa é infinita, e tentar entendê-la é uma perda de tempo, uma busca sem qualquer razão, que nunca chegará a resultado algum. Você nunca vai conhecer alguém completamente. E compreender isso é respeitar cada indivíduo e você mesma como um ser infinito. E é por infinitas que são as pessoas e também você mesma, que você também nunca se deve comparar com quem quer que seja. A comparação vem sempre da mente, nunca do seu coração. E o conflito que você esta vivendo agora é exata e unicamente você se comparando com essa garota. É a sua mente e é o seu ego que estão fazendo isto. E por isso, mais uma vez, eu devo voltar a dizer que você não esta interessada no garoto.
   Agora, Rosana, chegou o momento no qual você tem que deixar ir embora o seu ego, a sua mente, e deixar sair o primeiro que vier no seu coração.
   Você deve parar de querer planejar relações como se planejam os projetos acadêmicos. E tem que parar de querer avaliar o sucesso ou o fracasso de uma relação como se isso fosse algo matemático, em que você pode compreender o comportamento de um garoto, então comparar-se com essa outra mulher e analisar se ela tem menos ou mais beleza que você, menos ou mais esperteza e que tudo isso resultasse em uma soma que definisse o sucesso ou o fracasso de uma relação. E então você poderia usar este cálculo e aplicá-lo em relações futuras. Pare de fazer isso o quanto antes. Pare de planejar, pare de usar a mente.
  As únicas relações que enriquecem são aquelas que você pensa e age com o coração. E coração não significa fingir carinho, mas sim agir com o coração significa fazer o irracional, ou seja, tudo aquilo que te faz sentir viva. Sorrir é irracional, pular é irracional. Pular é irracional porque é divertido, vai contra a gravidade. As pessoas sabem que vão cair, mas ainda sim elas pulam, simplesmente porque é divertido. Ainda que elas voltem ao chão cada vez que pulam, elas continuam fazendo aquilo simplesmente por achá-lo divertido, por fazê-las sentirem-se vivas e isso faz com que pular seja algo irracional. A relação deve ser como um pulo. A relação deve te fazer sentir viva.
  Então, por isso, você deve observar que se esse garoto naquele momento não te motivou o suficiente, quer dizer que você não estava pronta para dar esse pulo. Agora você já não deu. Pronto. Deixe isto de lado. Não fique olhando para trás. Mas veja que a vida todos os dias te dá chance de que tudo seja divertido, de sorrir, de ser natural, de fazer coisas irracionalmente. E quando você vê a vida assim, você chega aonde a sua alma quer ir. Não se preocupe, que a sua mente quer para as outras áreas da sua vida, também vai acontecer. Você de alguma forma vai chegar também aonde a sua mente quer ir. Você vai calcular, fazer somas e cálculos e, a longo prazo, tudo que sua mente quer vai acontecer. Mas não espere que esta mesma fórmula funcionará para as relações. Para as relações só importa que o seu coração quer, e você só vai achar o que o seu coração quer se você sair da estrada, se fizer o irracional. Você deve sair da estrada e entrar no bosque. E é aí aonde você vai achar aquela flor rara que é o amor.
   Cada vez que você afirma “eu deveria ter feito algo”, você esta se machucando. A cada momento as pessoas estão fazendo o melhor que elas podem, ou o melhor que elas acham que podem e, no final, o que as pessoas acham que podem acaba sendo o melhor que elas podem. Tanto você quanto este garoto, e até esta garota, estiveram fazendo o melhor que cada um pôde em cada momento.
   E o que existe é o momento presente. O passado não existe, só existe o agora. E a cada momento que as pessoas estão fazendo o melhor que elas podem, elas estão crescendo. E você entender isso que eu estou falando é você crescer agora. E você agora já é uma nova pessoa, capaz de coisas que essa anterior pessoa que já não existe não era capaz. Então quando você tiver a chance de estar com alguém outra vez, você tem que se dar a chance de ser essa nova pessoa e agir de forma inesperada, de fazer o irracional. Você tem que descobrir o que o seu coração quer, mas para isso você deve deixar de lado os planos, as comparações, a mente e só agir.


*FAVOR CLICAR NOS NOSSOS ANÚNCIOS COMO FORMA DE APOIAR O SITE!








*PARA SE TORNAR UMA SEGUIDORA, CLIQUE NO BOTÃO “JOIN THIS SITE” À ESQUERDA E FAÇA LOG-IN COM SUA CONTA DE GOOGLE, TWITTER OU YAHOO!