quarta-feira, 18 de maio de 2011

Estou dividida entre o meu namorado e um homem casado




Pergunta: querida rita!  a quatro meses estou envolvida com um homem casado ah uma semana atras eu conheci uma pessoa muito legal e estou namorando com ele,mais  o homem com quem eu fico que é comprometido fica mim seguindo me ligando enfim atormentando a minha vida e pedindo que eu termine esse meu namoro,mais o que acontece é que eu sou apaixonada por ele,mais tambem gosto e tenho muito carinho pelo rapaz com quem estou namorando,estou muito dividida ele diz que gosta de mim  mais é muito namorador. ja o rapaz com quem eu namoro diz tambem que gosta de mim  mais esse mim respeita e mim trata com uma princesa.me ajude por favor mim dê a sua opinião por que eu não sei o que fazer!!bjsss

(Enviado por kelly s.f, em 18 de fevereiro de 2011)

Rita:

Querida Kelly,

            Independentemente da opinião de Rita, você sempre irá fazer aquilo que a sua alma quer. E embora você diga que não sabe o que fazer, você já esta fazendo algo.  A cada dia que passa, você escolhe estar aonde você esta. Até mesmo ver-se diante de um conflito é uma escolha sua.  Estar indecisa é uma escolha que você faz a cada dia. Mas sempre entre cada decisão, há um caminho que vem da alma e outro que vem do ego e da mente. O seu coração sempre sabe qual é a essência de cada um, apenas a dúvida não te deixa ver.

            A lição mais importante de tudo isso para a sua vida é a simples verdade de que ninguém trata como princesa alguém que não se considera como tal. Se alguém te tratou desta forma, é porque você fez manifestar isto na sua vida. Quando você tem certeza no coração que merece ser bem tratada, você passa a vibrar nesta frequência e você projeta ao mundo a imagem de uma princesa.

            Se no coração você se sente mendigo, que merece viver daquilo que sobra aos outros, você projeta esta imagem inconscientemente e é assim que você passará a ser vista. Você passará a atrair situações na sua vida em que você não é a prioridade.

            Agora, a questão, é que de alguma forma você co-criou ambas as situações na sua vida. Por um lado, você deixou a sua alma se expressar. Sua alma sabe que você merece o melhor. Se coisas positivas se manifestam na sua vida, é porque por algum instante você assoprou a poeira e deixou brilhar a parte mais divina de você.
           
E esta poeira é o carma de não se sentir merecedora. É a mente que guarda tantas idéis erradas sobre você mesma. E todas essas idéias formam o ego. E por incrível que pareça, o ego não é aquele que diz “eu sou perfeita”, “eu mereço o melhor”, “eu sou uma princesa”. Não. Estas afirmações são a verdade da alma. O ego é aquele que se orgulha em dizer: “eu não mereço o melhor”, e irá inventar todas as desculpas e dores-de-barriga quando a oportunidade de ter o melhor estiver batendo na sua porta.

Porque o ego não quer morrer. “O meu avô nunca teve o melhor, o meu pai nunca teve o melhor, eu também quero seguir a mesma linha.” Este é o ego falando no inconsciente e criando um carma que alguém um dia terá que rompê-lo.

Páre para observar quantas pessoas você conhece que são assim. Que seguem andando em círculos, porque o seu ego de “solitário”, de “anti-social”, de “artista-não-reconhecido” ou de o que quer que seja, não quer morrer.

Você irá se surpreender com o que existe por baixo desta poeira. Esta princesa que projetou tal imagem, e assim foi tratada, é apenas uma pequena demostração do ser que existe em você. Um ser forte, amoroso e merecedor de todo o melhor que existe no Universo.

Quanto a este rapaz comprometido, ele também esta fazendo decisões a cada dia. Por alguma razão ele se casou com alguém e pela mesma razão, a cada dia, ele escolhe continuar com aquela pessoa. Ou até mesmo se ele decide continuar com ela não porque ainda a ama, mas por medo ou comodismo, ainda assim, isso não te coloca num nível acima nas prioridades da vida dele.

            Não se deixe enganar pelo fato de ele pedir para você terminar com o seu namorado. Isto acontece porque ele quer sentir que tem exclusividade sobre duas mulheres ao invés de apenas uma. Mas isto é apenas um ego machista e, se você não deve tomar decisões baseadas no seu próprio ego, quem dirá baseadas no ego de outra pessoa. O ego é apenas uma ilusão da mente, e não reflete a verdade do espírito.

Com o outro rapaz, por sua vez, você tem uma relação em que um fenômeno energético e espiritual tomou lugar. O seu espírito, a melhor parte de você, que se sente merecedora, atraiu alguém na mesma frequência, que te trata de uma bela maneira. Esta é uma chance de duas almas fluirem em amor. A outra relação esta baseada apenas em dois egos: o ego machista da pessoa casada e o seu ego subconsciente de não se sentir merecedora de estar em primeiro lugar na vida de alguém.

Esta é a única razão pela qual você esta nesta relação, e é normal que você tenha a sensação de estar apaixonada. Mas lembre-se que o amor não pode fluir entre dois egos. O amor só pode fluir quando o ego é deixado de lado e a alma é tudo o que resta, ainda que seja por um instante. Se por um momento você e o homem casado deixam de lago o ego, o amor poderia fluir mas, se isso vem a acontecer, a relação de vocês deixará de existir, porque o ego é a própria razão de ser desta relação. Você  deixará de ser interessante para ele e ele deixará de ser interessante para você.

Assim que o ego é retirado do homem casado, suas ações passam a refletir apenas a vontade do seu espírito. Ele passará a apreciar a pessoa com quem ele já esta casado. Porque só o ego é capaz de fazer alguém buscar outra relação. Quando o ego não esta a pessoa apenas se sente feliz e ama o que ela já tem, aquilo que ela já escolheu um dia.

Por isso, a razão pela qual ele te procura, além de todas as suas características que o atraíram, é o ego de achar que o que ele tem não é suficiente, fazendo com que esta seja a ponte entre vocês.

E agora, este detalhe é muito importante: é possível que enquanto ele puder manter as duas relações de uma maneira confortável, ela irá mantê-la. Em geral, dos homens que buscam uma relação fora do casamento, nenhum deles em sã consciência, irá trocar duas mulheres por apenas uma mulher, sem ter que tomar a decisão. Enquanto ele não ver-se obrigado a decidir e puder manter a situação como esta, ele irá mantê-la pelo tempo máximo tempo que puder. Porque é justamente este o propósito de ele haver buscado outra mulher.

Agora é você quem tem que decidir se prefere estar numa relação manifestada pelo ego ou aquela que você fez manifestar através do seu espírito.

Lembre-se que muitas pessoas buscam por uma vida inteira alguém com quem elas possam fluir em amor. Mas nem todas conseguem, muitas seguem reproduzindo o mesmo carma, apenas com diferentes cenários, com diferentes personagens. Mas o padrão sempre esta ali presente, porque o ego não quer morrer. E se elas não decidem ser conscientes por um segundo para indentificar e romper este padrão, elas estarão vivendo e revivendo este ciclo sem saber o porquê.

Por isso, Kelly, parece que você fez manifestar uma porta na Existência. E esta porta é a saída de um ciclo do qual pode ser muito difícil de ser deixado depois. E esta é a mensagem de Rita Cascia para você, diga sim para tudo aquilo que o espírito faz manifestar na sua vida.

Com carinho,

Rita Cascia



*FAVOR CLICAR NOS NOSSOS ANÚNCIOS COMO FORMA DE APOIAR O SITE!

*PARA SE TORNAR UMA SEGUIDORA, CLIQUE NO BOTÃO “JOIN THIS SITE” À ESQUERDA E FAÇA LOG-IN COM SUA CONTA DE GOOGLE, TWITTER OU YAHOO!