terça-feira, 9 de novembro de 2010

A minha vontade de encontrar minha alma gêmea pode prejudicar minha vida de alguma forma?



Pergunta: Gostei de sua resposta no yahoo respostas e resolvi visitar seu blog. Eu gostaria de saber se a minha vontade de encontrar minha alma gêmea pode prejudicar minha vida de alguma forma. Li sobre carma, mas no meu caso, tenho na mente que só devo namorar se for a pessoa certa, aquela pessoa que desde o primeiro instante eu saiba que é meu grande amor. Com isso, começo a namorar e logo termino porque sinto que não amo a pessoa como gostaria. No último namoro eu nunca senti nenhuma atração além de amizade, mas meus pais amaram o rapaz e brigam comigo por eu ter terminado. Mas e agora? Eu sinto que ainda vou encontrar alguém que eu ame, será que é certo eu esperar pela alma gêmea? Ou devo fazer a vontade de meus pais e voltar pra esse rapaz que sinto só amizade?


(Enviado por Juliana_y, em 4 de novembro de 2010) 

Rita: Querida Juliana,

   Se você quer que um encontro espiritual e energético aconteça na sua vida, você só precisa parar de planejar. Em outras palavras, você só precisa deixar a mente de lado. Se uma conexão espiritual deve acontecer na sua vida, como encontrar esta alma que você deseja encontrar, isto apenas acontecerá no momento em que você tiver abandonado a mente. Isto apenas acontecerá quando você estiver seguindo a sua intuição.
   Isto porque, em realidade, os encontros espirituais já estão acontecendo na sua vida. Desde sempre eles estiveram acontecendo, mas a intuição te permite identifica-los. É como criar uma visão especial, através da qual você pode ver o que acontece no plano em que estes encontros estão ocorrendo. E enxergar neste plano, assim como um gato pode enxergar o raio infra-vermelho do controle remoto, é uma capacidade que já faz parte de você. Você já nasceu com ela. Em verdade, este é o plano que todos naturalmente enxergariam, se não fosse pelo filtro da mente. As idéias, a preocupação, o medo, a noção do “eu”, tudo isso forma um filtro que te impede de ver a realidade da Existência e, portanto, de ver esses encontros tomarem lugar na sua vida. E ter uma intuição por uma fração de segundo, é ter deixado a mente e visto a realidade também por uma fração de segundo. E essa capacidade você pode desenvolver apenas praticando acalmar a mente. E isto é crescer espiritualmente.
   Acalmar a mente é como retirar aquele filtro de diante dos seus olhos. Por isso, apenas quando a mente está em silêncio é que você é capaz de ver estes encontros acontecendo. Você estará conectada com a Existência e estará vendo a realidade como a sua alma a vê e, então, neste momento, faça o que o seu espírito te disser e isto é seguir a intuição. Haverá acontecido então algo espiritual na sua vida, mas isto não aconteceu porque um dia você o planejou. Isto não veio de nenhum esforço da mente. Isto aconteceu justamente porque a mente não estava aí. Por isso, depois que você experimentar este encontro e a mente tiver voltado ao comando, você pensará que tudo foi um sonho. Também, quando você o estiver vivendo, você o sentirá como um sonho porque, assim como nos sonhos, a mente não estará presente. Mas é necessário que a mente não esteja para que o encontro ocorra.
   Lembre-se, apenas querer buscar uma realização espiritual na sua vida já é uma verdadeira bênção. Isto já mostra que você tem consciência do espírito. Este é um desejo que vem da sua alma, pois ela quer encontrar outra alma com quem ela irá compartilhar amor e você esta escutando este desejo. Quando você o escutou, você não usou a mente. Isto é apenas você seguindo a sua natureza divina e isso jamais atrapalhará a sua vida. O único que você precisa saber agora é que se o impulso vem da alma, a busca deve permanecer na alma. Se ele é levado à mente e passa a se tornar torna uma busca feita através da qual, você não poderá atingir o que a sua alma realmente quer. A mente precisa dar licença ao espírito, pois só ele é capaz de ver a realidade, sem o véu de idéias que a tornam confusa e obscura.
   O que ocorre, é que a mente não quer ser deixada de lado. A mente quer estar no comando. E tirá-la daí é uma tarefa que faz parte do seu crescimento espiritual. E, à medida que você cresce espiritualmente, você irá experimentar não apenas um, mas diversos encontros energéticos acontecendo na sua vida de maneira natural e é exatamente isto o que você quer agora.
   Veja bem, este é um exemplo para que você compreenda bem a questão da mente querer estar no comando. Imagine que o presidente de um determinado país quer fazer uma campanha em favor da paz. Ele quer que não haja nenhum tipo de violência, como assaltos, brigas, roubos, seqüestros, que ninguém possua uma arma de fogo, enfim, que a paz reine absoluta no país em que ele governa. Entretanto, este mesmo presidente é o chefe do exército, que por sua vez, ataca outros países e faz guerra. Desta forma, é até compreensível que ele queira a paz em seu país, mas não é difícil concluir que, para que a paz seja atingida, o presidente seja outro. Este mesmo presidente não pode estar no comando, pois a natureza dele é de guerra. É preciso escolher alguém do povo, uma pessoa muito pacífica, alguém que transmita a idéia de paz às pessoas. Mas o que acontece, é que este presidente não quer sair daí. Ele não quer de maneira alguma perder o poder e nem abandonar a sua idéia de manter um exército, enquanto, ao mesmo tempo, quer convencer as pessoas a deixarem de ser violentas.
   Com a mente, acontece algo muito similar. Muitas vezes, como no seu caso, a mente sabe que somente uma vida conectada ao espírito leva à paz e à felicidade plenas e que existe uma força maior capaz de te fazer atrair as pessoas certas para a sua vida. No entanto, a natureza da mente é de calcular,  de se questionar, tentar prever fatos, provar teorias e isso te afasta daquilo que a sua alma quer. Mesmo que a mente saiba o que é melhor para você, ela ainda quer estar aí, ela não quer ir embora, não quer parar de falar por um segundo ao menos. E por isso acalmá-la, que é praticamente o mesmo que abandoná-la, é algo que requer muita vontade, mas como já dito, esta é uma tarefa que faz parte do seu crescimento. Quanto maior sua capacidade de acalmar sua mente para fazer aquilo que sua alma quer, mais rápido você chegará ao seu destino.
   A verdade é sempre simples, clara, transparente. Quando você desfaz todo o novelo de idéias, medos e preocupações, você estará deixando ir embora a mente e todos seus obstáculos. É daí que você estará consciente e verá a realidade simplesmente como ela é.
   Agora você já sabe que para que encontros espirituais aconteçam na sua vida, mais bem, para que você possa ver e experimentar aqueles que já estão acontecendo, você precisa apenas fluir com a Existência e retirar a mente do comando. A questão a seguir, é aquela da alma gêmea em si.
   Para as almas, este mundo é como um pequeno teatro. Antes de virem a ele, elas decidem em que peça querem atuar e quem estará nesta peça, interpretando que papel. É como uma brincadeira que elas querem brincar. Elas decidem deixar de ser simplesmente luz, pureza e perfeição, para simplesmente  existirem, para o simples fato de serem algo. E é por isso que a sua natureza, como a de todos, é de luz e perfeição e cabe a cada um escolher ou não viver conectado a tal natureza.
   As almas escolhem quem elas irão encontrar durante a vida neste planeta, bem como com quem elas irão compartilhar energia amorosa, para juntas, crescerem em vida. E esta alma com quem elas decidem ter essa conexão mais profunda não será gêmea, mas sim complementar. São mais como duas metades de uma laranja, ou como a mão esquerda e a direita. Ambas são diferentes, mas juntas têm capacidade infinita. Então o mesmo ocorre com estas almas. Existe uma alma que veio a este mundo com a qual você irá compartilhar mais e de maneira mais intensa esta energia de amor, mas ela não é como uma  irmã gêmea da sua, mas sim seu complemento.
   O que ocorre na sociedade de hoje, é que há a pressão dos pais e da família em encontrar um parceiro ideal. Você, no coração, sente que precisa encontrar alguém para compartilhar amor. Surge da sua alma o desejo de se conectar com alguém amorosamente. Entretanto, toda a influência dos pais e da sociedade faz com que você passe a desejar na mente que este alguém seja um parceiro romântico, do sexo oposto, com quem você irá namorar ou casar.
   E o que você precisa compreender, é que as almas não só decidem com quem elas irão compartilhar amor, mas também que forma de amor elas querem compartilhar. Este pode ser um amor que se tem entre uma mãe e um filho, entre dois irmãos, entre amigos, entre avô e neto. A sua alma não quer necessariamente um par romântico do sexo oposto, você apenas absorveu esta idéia na mente.
   Pode ser que este alguém com quem você irá se conectar amorosamente seja um rapaz que até agora você não o encontrou. Pode ser que seja sua mãe, um filho ou um neto que você ainda terá, uma amiga. Você poderia se casar com este rapaz que os seus pais adoram, levar com ele uma vida bastante estável ainda que não sinta um amor tão profundo e o filho de vocês ser aquela alma que te complemente. Se você sente no coração que gosta deste rapaz e que poderia estar com ele apenas para deixar seus pais contentes e fazer seus pais contentes te faz também feliz, vá em frente. Por outro lado, se você não vê significado nenhum nessa relação, então abandone-a. Agora, apenas concentre as suas energias em fazer aquilo que te dá felicidade no coração. O único que você não deve fazer é agir em virtude uma ideia de que a sua alma complementar precisa ser alguém do sexo oposto com quem você possa construir uma relação amorosa.  
   Existe ou existirá alguém, uma alma no mundo, com a qual você irá fluir ou talvez já esteja fluindo em amor. Isto é fato, isto já é seu. A questão é que para encontra-la a busca não pode se dar no plano da mente e das idéias.
   Você precisa apenas parar de planejar, parar de arquitetar, de se perguntar ou, em termos mais simples, parar de buscar. Tudo isso está na mente, tudo isso vem da mente. E a mente não irá te levar ao seu destino. A mente não irá te conectar com a Existência. Você precisa simplesmente deixar ir a mente, esquecer do assunto, dizer a si mesma que existe uma alma que te complementa neste mundo e que ela virá até você. Você irá atrai-la pelo mero fato de estar em conexão com o seu espírito e, logo,  com o que ele quer para você. Você irá aonde ele decidir que você deve ir e não aonde a sua mente quer chegar. Buscar respostas na mente apenas irá atrasar o seu destino, ela apenas irá por entraves, porque esta é a natureza da mente. Deixe-a ir e a verdade aparecerá. Você se tornará alerta e consciente e irá parar para observar o que a Existência está colocando à sua frente.
   Querida Juliana, a Existência está sempre esta te dando chances de fluir e de encontrar seu destino. Quanto mais você deixar de planejar e permitir que a sua intuição esteja no controle, mais realizações espirituais você terá na sua vida e é isso o que a sua alma deseja. 

Amor,

Rita Cascia


*FAVOR CLICAR NOS NOSSOS ANÚNCIOS COMO FORMA DE APOIAR O SITE!



*PARA SE TORNAR UMA SEGUIDORA, CLIQUE NO BOTÃO “JOIN THIS SITE” À ESQUERDA E FAÇA LOG-IN COM SUA CONTA DE GOOGLE, TWITTER OU YAHOO!