terça-feira, 9 de novembro de 2010

O que há por trás do relacionamento entre mim e meu sobrinho?







Pergunta: Queria Rita,gostaria de saber o que há por trás de um relacionamento que estou vivinciando.Eu me surpreendi com o que me aconteceu,eu tenho um sobrinho por parte do meu marido,que quando era pequeno era muito rebelde,eu uma vez dei uma surra nele por ser dezaforado,com  passar do tempo ele cresceu e eu quase não o via,mas tud que acontecia com ele eu ficava enlouquecida e mesmo sem vê-lo,brigava com a familia toda por causa dele,já cheguei  ficar 5 anos sem falar com o pai dele,por ter feito algo que não gostei.Os anos se passaram,não o via de forma nenhum.Um dia ele apareceu n casa da minha mãe com uma namorada,eu sentir um aperto no coração,pssara mais alguns anos,ele se casou,dei o maior apoio,mas sempre com aquela dor no coração,e uma tristeza.Eu adoeci fiz tratamento longo de saúde,quando ele estava com 28 anos,começei a viajar com ele para tratamento de saúde,era uma viagem tão tranquila,a esposa dele estava grávida,eu fazia o enxoval com tanto carinho.Um dia ele me confesssou que sentia uma atração por me há mas de 5 anos,ele er mulherengo,chorava muito pela morte de sua mãe,bebia muito,era revoltado demais,conversamos abertamente,eu nõ sei como mas eu também acabei afirmando que ele mexia muito comigo.Ele me pediu um beijo,eu dei.apartir daquele momento veio tudo na minha cabeça como filme,será meu Deus que o que me incomodav tanto era esse sentimento.Fiquei 3 dias chorando sem conseguir parar,entrei em desespero.E via tanto sofrimento no olhar dele,uma carencia enorme,entrei de cabeça na relação,ele se trasformou da água pro vinho,dei tanto amor a ele,tanto carinho,eu sou a tia dele,sabemos que estamos errados,já tetamos nos separar,mas não conseguimos,tem algo mito forte que nós impede de dar um fim nessa relação.Por que Rita eu tenho esse sentimento
de obrigação de dar muito amor esse homem?de fazer o bem a quaquer custo? de intregação total, ?Um sentimento de fidelidade total a esse homem?Quando estamos decididos a nos afastar sempre acontece algo pra nós unir cada vez mais? Me dê uma luz Rita,Por que eu me senti como se eu tivesse feito amor pela primeira vez,foi como nunca ninguém houvesse me toucado.O que há por trás diss?Por que eu fico emocionada quando vejo ele trabalhando?O por que de tanta admiração?Me diga algo por favor


(Enviado por  Amor e Amar, em 4 de novembro de 2010)

Rita: Querida Amor e Amar,

   Antes das almas virem ao mundo, elas escolhem com quem elas irão compartilhar amor. Porém, este amor não precisa necessariamente ser aquele que se tem entre dois amantes.
   O que ocorre no seu caso e do seu sobrinho, é que vocês são almas que se complementam, que querem estar juntas, mas o amor entre vocês pode ser disfrutado de outra maneira que não seja como entre duas pessoas de sexos opostos que se amam.
   As mentes de ambos estão apenas interpretando mal o amor que os espíritos de vocês querem compartilhar.
  Você pode se conectar com seu sobrinho amorosamente de diversas formas, assim como entre mãe e filho. Quando você viajou acompanhado dele e de sua esposa, você disfrutou estar perto dele e isso já é suficiente, isto é o que sua alma queria, vocês não precisam ir além disso. É apenas a mente que quer algo mais.
   Lembre-se que a Existência te coloca em sua frente, numa bandeja de prata, todas as chances para você levar uma vida plena e cheia de amor. Isso é igual para todos. A Existência te deu a chance de se conectar amorosamente com um sobrinho, mas a sua mente está transformando esta chance em uma espécie de drama.
   Decida sair do drama. Decida tomar o que a Existência está te dando, da exata forma em que ela está te dando. Se a Existência colocou esta pessoa na sua vida, sendo seu sobrinho, ela quer que vocês apenas se amem como tia e sobrinho. Isso é o que suas almas querem. Simplesmente aceite-o. Aceite aquilo que você esta recebendo e viva-o intensamente. Isto é fluir.
   O amor entre vocês pode vir do espírito, mas o desejo de estarem juntos como casal é apenas uma obsessão da mente. 
   A sociedade como esta construída não pode aceitar tal relacionamento e aceitar este fato é parte de viver neste meio. Mas isto é apenas um por cento de toda a bênção que você está recebendo na sua vida neste exato momento. Você esta se concentrando no exato um por cento. Todas as bênçãos que você esta recebendo como por exemplo, estar viva e ter capacidade para realizar coisas, isto para citar o mínimo, compõe 99% da sua vida. Apenas 1% compõe o fato de que a sociedade não aceita o relacionamento entre você e seu sobrinho e é neste 1% que você esta se concentrando. Você esta definindo você e toda a sua vida por este 1% e esta transformando aquilo que poderia ser bonito, esta chance de amar, em mágoas e sofrimento. Mas esta é a natureza da mente, enquanto estiver no comando, ela sempre irá buscar aquilo que não esta ao fácil alcance, sempre irá desejar mais.
   Decida agora sair dessa situação. Agradeça a existência por ter alguém com que você pode fluir em amor. Ame-o da maneira como você amaria um filho. E para isso, deixe a mente ir embora. A parte dentro de você que diz que vocês precisam ser amantes é apenas a sua mente. Isto não vem da sua alma. A sua alma quer o que a Existência esta te oferecendo nesta bandeja de prata neste momento, porque as duas estão conectadas. Tudo o que você deseja e que você sente que esta contra o fluxo natural dos acontecimentos, vem da mente e não da alma.
   E, para chegar ao seu destino e encontrar felicidade plena, concentre-se nas bênçãos, concentre-se na luz, em tudo o que esta ao seu redor e transforme aquele 1% que você considera negativo também em luz. Agora, você vê este 1% escuro, porque a luz não esta chegando aí, mas basta iluminá-lo e toda sua vida será paz e alegria.

Com amor,

Rita Cascia



*FAVOR CLICAR NOS NOSSOS ANÚNCIOS COMO FORMA DE APOIAR O SITE!

*PARA SE TORNAR UMA SEGUIDORA, CLIQUE NO BOTÃO “JOIN THIS SITE” À ESQUERDA E FAÇA LOG-IN COM SUA CONTA DE GOOGLE, TWITTER OU YAHOO!