sábado, 26 de maio de 2012

Estou assustada por causa de um sonho que tive.

Pergunta:

Primeiramente, sonhei que minha casa estava sendo assaltada, que minha mãe foi algemada e que fui obrigada a cortar os pulsos dela para o suposto ladrão não roubar a casa, mas quando cortava, acordei muito assustada. Na noite seguinte, sonhei que na casa do vizinho da frente havia uma bomba atômica, que ela explodiu, a casa pegou fogo, mas não houve destruição, apenas alguns estilhaços, na própria casa e na minha, e que depois que os vizinhos chegaram, a casa estava muito pouco destruída e havia muita fumaça. Depois, minha amiga me contou que a irmã dela sonhou comigo, sonhou que eu estava pegando fogo e se não fosse minha mãe ter me salvado, eu tinha morrido. Estou muito assustada, queria respostas, por favor, me ajude!



(Enviado por Débora Maria)

Rita:

Querida Débora Maria,

Ao contrário do que muitos pensam, os sonhos não são uma forma de comunicação dos espíritos ou de forças mais elevadas. Os sonhos são uma forma de comunicação da mente. Na realidade, uma parte mais inferior da mente, a qual apenas reflete seus medos e desejos.

No entanto, analisar seus sonhos pode muitas vezes ser uma ferramenta para ajudá-la a entender a você mesma, compreender o que esta passando pelo seu subconsciente e retirar lições que a auxiliem na sua própria evolução.

Esses elementos que você citou: fogo, explosão, bombas, assalto, violência, são parte de uma grande paranóia que há na sociedade atual. Basta ligar a televisão ou abrir um jornal ou revista e você provavelmente verá referência a alguma tragédia envolvendo tais fatores. Sem falar na quantidade de filmes e seriados que se utilizam desses efeitos para atrair expectadores.


Já foi publicado um estudo de que quanto mais explosões acontecem em um filme lançado no cinema, maior é a quantidade de dinheiro arrecadado nas bilheterias. E muitos poderiam se perguntar qual a razão disso, e a resposta é simples: o desejo e a obsessão pela violência encontram-se generalizados na consciência da sociedade.


E observe que é quase transparente a linha que separa medo, obsessão e desejo. O seu subconsciente de maneira muito escassa consegue distinguir se você tem medo, ou seja, se você não quer que algo aconteça, ou se você no fundo deseja que aquilo se manifeste, porque você quer ter aquela experiência de alguma forma. Então, por isso, você não deve se deixar inundar pelo que falam as pessoas e a mídia, porque estes são veículos muito poderosos de se criar medos e desejos na população.

Tudo pelo qual você cria uma obsessão, seja por medo, seja por desejo, você está atraindo para si. E o sonho é apenas uma mensagem do seu subconsciente dizendo que é hora de você deixar de lado esse medo. Que é hora de você se concentrar no positivo, para que o mesmo se materialize na sua vida, e desviar sua atenção da violência.

E o fato de outra pessoa ter sonhado com você numa situação como essa, apenas indica que você traz consigo tanto pânico que você esta transmitindo isso aos que estão ao seu redor. Mesmo que você não diga nada, seus pensamentos e sentimentos transmitem ondas magnéticas e algumas pessoas mais sensíveis podem captá-las, fazendo com que tais imagens tomem forma nos seus sonhos.  

Lembre-se que os níveis menos elevados da mente, os mesmos que revelam os sonhos enquanto você dorme, são como aves que repetem sons. Note por exemplo como você sonhou com o conceito “bomba atômica”, mas você não tem no seu intelecto, armazenada a informação do verdadeiro significado do termo.

No seu sonho, a palavra “bomba atômica” foi apenas repetida quando associada a uma explosão. Você recebeu a informação de que na casa havia uma bomba atômica, porque você já ouviu essa palavra quando acordada. Porém, uma bomba atômica seria capaz de destruir a cidade inteira e não causar apenas estilhaços em uma casa. Portanto, isso mostra que você aprendeu essa palavra de forma fragmentada através de alguma notícia e absorveu o medo que ela representa. E isso é exatamente o objetivo das matérias manipulativas dos jornais televisivos: emitir informações fragmentadas e incutir apenas o medo e a paranóia na população, deixando de lado qualquer ponto de vista crítico e qualquer análise de até que ponto ou de que maneira isso é capaz de afetar a sua realidade.

A lição mais importante aqui, é que quando o medo da violência nasce no consciente, uma parte do subconsciente quer ser vítima. Esta parte quer provar que sim, existem pessoas capazes de tal agressão, pois então o seu medo não foi infudamentado. O que você deve fazer então é redirecionar sua mente a pensamentos e imagens que te trazem a sensação de tranquilidade. Declare a si mesma que nesse momento você cria o mundo de paz no qual você quer e merece viver.

Abraços,

Rita Cascia    

*FAVOR CLICAR NOS NOSSOS ANÚNCIOS COMO FORMA DE APOIAR O SITE!

*PARA SE TORNAR UMA SEGUIDORA, CLIQUE NO BOTÃO “JOIN THIS SITE” À ESQUERDA E FAÇA LOG-IN COM SUA CONTA DE GOOGLE, TWITTER OU YAHOO!