quinta-feira, 31 de maio de 2012

Sou muito inseguro no meu relacionamento. Preciso de ajuda...

Pergunta:

Parabéns pelo seu blog.
Acho que devo ser dos poucos homens aqui.
Você vai me ajudar muito, você nem imagina o bem que vai me fazer.
Só de ler algumas de suas repostas me identifiquei muito e me ajudou muito!
Eu preciso muito de sua ajuda...
Tenho 21 anos e minha noiva tem 25
Nós acabamos de noivar.
Desde quando se conhecemos foi tudo magico,
foi amor a primeira vista, tudo com ela é perfeito.
Um ama o outro mais que tudo, era tudo mil maravilhas.
Nos sabia tanto que eramos almas gemeas que em pouco tempo
compramos casa e noivamos, sem conta que nunca tive
vontade de casar, e com ela é tudo diferente.
Mais acontece que estamos brigando muito ( por minha culpa)
Já até pensei em ir em psiquiatra tentar achar ajuda em algum lugar.
Pois tenho muito medo de perde-la, e se continuar magoando é isso que
vai acontecer.
Eu sou uma pessoa difícil de lhe dar, eu sei e admito juro q tento mudar.
Ela é linda, a menina mais linda do mundo p/ mim.
Ai tenho um ciúmes doentio dela, sei que nunca vai me trair,
mais quero saber onde vai, por que demorou o que conversou ( isso eu consegui melhorar bastante não cobro mais isso dela)
Mais ela me fala tudo, onde vai o que vai fazer, ela agindo dessa forma
eu não fico encanado e consegui melhorar.
Meu ciumes é saber que a cidade inteira mexe com ela ( mesmo eu sabendo que ela nem olha p/ lado, confio muitissimo nela)
Eu sou muito companheiro, carinhoso, sensivel, doce ( ela ama meu jeito)
Mais eu sou demais, e as vezes cobro dela por não ser carinhosa, mais acontece que ela é não como eu mais é. Se nós estamos juntos o dia todo ela não fala que me AMA isso já é motivo p/ eu cobrar ela, fala que não é carinhosa, ou quando falo te amo ela fica quieta eu já brigo perguntando pq ela não respondeu se ela não me ama.
Agora comecei com uma bobeira que eu sei que faz mal, mais não consigo parar, como ela não fala muito coisas bonitas p/ mim e eu necessito ouvir, eu pergunto todos os dias p/ ela ex: amor você me ama? você quer ficar p/ sempre comigo? você jura? se ela não jura já acho que é porque ela não quer...
Eu sou muito nervoso, qualquer coisa eu brigo, eu já fico bravo e grito, e todas vezes que brigamos ela fala p/ deixar ela em casa, e depois eu me arrependo e quero resolver, ela não quer nem fala comigo, quer que a deixe ela em casa eu nunca deixo, mais eu penso sera q ela não me ama? ela não quer resolver? ela não quer ficar comigo? muitas vezes eu falo então larga de mim ai ela fala ta bom, chega na casa dela se eu não segurar ela, ela desce do carro, ai eu fico pensando ela queria mesmo larga? ela não ia tentar resolver? ela não vai chorar por me perder? ela fala com uma frieza que parece que nós larga ela nem vai chorar.
Ai fico encanado de novo, quando fazemos aspazes fico fazendo mil perguntas, pq acho que depois da briga ela não quer mais fica comigo, ou tem duvidas que quer casar comigo.
Eu melhorei muito mais preciso de ajuda.
Não implico mais com suas roupas, ou dela sair, ou coisa assim, parei de brigar com ela pelo cel, antes qualquer coisa que descordava dela eu brigava com ela pelo cel.
As vezes faço isso na hora do nervoso, mais na mesma hora passa ai a bosta já está feita.
e ela já me disse p/ mudar, pois quando nós brigamos ela não é feliz.
e ela não quer passar isso o resto da vida dela.
ai ela fala que nunca passou por isso antes, ai eu fico encanado de novo, pensando que o ex dela é melhor que eu.
sem conta que me sinto inferior, pois o ex dela tinha muito dinheiro.
e eu não tenho nada, tinha um emprego que ganhava bem mais infelizmente não deu certo, e agora arrumei outro que só da p/ pagar minhas contas, mais ela ta sempre do meu lado, ela entende que ganhava bem, mais ela me fala para eu fazer faculdade.
e diz que nunca vai me abandonar por meu emprego etc..
ela é formada, e desde que me conheceu ela fala que p/ familia dela o mais importante é a faculdade.
mais eles me amam, e nunca me falaram nada.
Ai penso ela não podia está com o ex viajando p/ tdo que é lugar?
do que comigo que só estou ganhando p/ pagar casa e o carro.
Sem conta que ela deu a entrada da nossa casa, eu assumi de paga as parcelas, e logo em seguida perdi o emprego, e consegui arruma um apenas para pagar as contas, pois estava louco de medo de não ter dinheiro.
Mais tanto ela quanto eu se amamos muito.
E se damos muito bem, ela é muito feliz quando eu não brigo ela.
me ajuda?
obrigado

(Enviado por Dhiogo)

Rita:



Olá Dhiogo,


Certo dia uma garota falou à sua amiga: “Preciso emagrecer três quilos até dezembro!” Mas elas já estavam no mês de novembro, sendo assim a amiga respondeu-lhe com um ar malicioso: “Se mate!” As pessoas que estavam por perto puseram-se a pensar que classe de amiga seria capaz de dar uma resposta dessas, ao invés de dizer algo motivador. Foi então que um sábio guru apareceu e dice à garota que queria emagrecer: “As palavras da sua colega trazem consigo muita razão. Porque se você quer mudar seu corpo para sempre, ao menos uma parte de você precisa morrer, para então poder nascer de novo.”



O ensinamento que o guru quis transmitir nesse caso, o qual também pode ser aplicado ao que você esta vivendo,  é que o potencial de um indivíduo é infinito. Você pode ser o que você decidir ser. Assim como você pode mudar o seu corpo, você pode mudar a sua personalidade, a sua maneira de agir, de pensar, de ver a vida e os outros à sua volta.


O morrer e renascer de que o guru esta falando, devem ser entendidos através da verdade Universal da recriação. Ele quer dizer que se a garota quer, não apenas perder aqueles três quilos, e depois recuperar outra vez, e seguir nesse ciclo indefinidamente, mas sim encontrar o equilíbrio, ela deve recriar uma parte dela mesma. E isso é possível através da verdade do Universo, pois o mesmo esta constantemente recriando a si mesmo.


Existe uma parte dela que acredita que ela sempre terá problemas com o peso. E é esta parte que deve deixar de existir para dar lugar a uma nova consciência, a qual crê que seu corpo esta sempre em perfeito equilíbrio. Similarmente, a parte de você que se vê como uma pessoa insegura necessita desaparecer para dar lugar à uma nova visão de você mesmo.


Habitue-se a praticar o seguinte exercício: observe os juízos de valor a respeito de si próprio que você pensa ou fala durante um dia. Por exemplo, quando você diz: “tinha um emprego que ganhava bem mais infelizmente não deu certo” ou “me sinto inferior, pois o ex dela tinha muito dinheiro”. Você deve analisar essas declarações, descobrir o que elas têm em comum e então recriar a essas e a todas as outras que trazem essa mesma característica.


O que essas declarações têm em comum é que em ambas você se refere a você mesmo como um recipiente, como um balde ou um cesto, dentro do qual coisas são jogadas. E coisas sobre as quais você não tem qualquer controle ou poder de escolha. É como dizer: “Eu sou um cesto, ontem colocaram flores em mim, então eu estou feliz. Hoje me usaram para guardar roupas sujas, isso me faz infeliz.”


Ao invés de crer que seu emprego anterior não deu certo por alguma razão que foge ao seu controle, escolha afirmar que você irá brilhar na carreira que você escolher brilhar. Ao invés de crer que, por má sorte, o destino te deu uma namorada cujo ex tem mais dinheiro do que você, fazendo você se sentir inferior, escolha crer que essa garota fez a escolha consciente de estar com você. Porque, afinal, você tem valores únicos e não existe nada que te impeça de, além de manter tais valores, atingir também o sucesso financeiro, pois lembre-se, o dinheiro é apenas um número.


Tudo o que você precisa para mudar sua maneira de ser com sua namorada, é transformar a sua insegurança em confiança em você mesmo e na Existência. Você pode se recriar da maneira como você quiser, porque você tem o mesmo dom e poder criativo de Deus.


Bênçãos,


Rita Cascia



*FAVOR CLICAR NOS NOSSOS ANÚNCIOS COMO FORMA DE APOIAR O SITE!

*PARA SE TORNAR UMA SEGUIDORA, CLIQUE NO BOTÃO “JOIN THIS SITE” À ESQUERDA E FAÇA LOG-IN COM SUA CONTA DE GOOGLE, TWITTER OU YAHOO!