sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Tenho medo de estar vivendo outra ilusão.


Pergunta:

Olá querida Rita,
eu tenho lido alguns livros espíritas e frequento um centro.
Estou aprendendo muitas coisas, mas há tanta coisa que minha cabeça fica confusa.
Eu sempre tive problemas com relacionamentos, nunca deram certo porque os rapazes sumias, e depois de um tempo apareciam. Parei para ver qual o problema, e mudei nas atitudes que eu poderia provocar esses "não deu certo".
Tentei compreender que tudo tem um propósito, e quando vi eram só paixões, pois eram passageiras.
Até que encontrei um rapaz que me fez crer que era amor. Ele indiretamente me fez mudar, acordar para a vida. Porém não deu certo, e então quando não quis mais nenhum homem em minha vida, não queria saber de mais ninguém, o destino trata de colocar um alguém.
No começo não quis, fugi, mas depois sem perceber acabei totalmente envolvida. Só que só tive oportunidade de sair com ele 3 vezes, mas posso vê-lo toda semana pois ele trabalha perto de casa aos sábados.
O problema ou a felicidade é que 5 meses já se passaram e eu ainda estou completamente apaixonada. Percebi que venho mudado ainda mais para melhor, estou tentando controlar minha ansiedade. Como já me iludi tenho medo de estar numa outra ilusão, porém penso e reflito, oro e vigio meus pensamentos, e ele persiste em estar presente no meu coração.
Até agora nunca me disse que não queria mais, mas não me procurou como me procurava. Eu sei que ele é muito ocupado mesmo, trabalha e estuda demais. Mas quero tentar entender os motivos do destino, e desta relação.

Obrigada pela atenção,
Bella.

Rita:

Querida Bella,

Segundo tudo o que você descreveu, você estava e ainda vem vivendo dentro de um ciclo. E o que domina este ciclo é o carma que o seu espírito carrega desde outras vidas.


O espírito tem a natureza livre e esta sempre pronto para liberar-se do carma, mas para isso a mente deve despertar. A mente deve tornar-se plenamente consciente do carma para poder então quebrá-lo.

Pouco importa quantos amigos ou parentes você tenha conhecido ao longo de sua vida. Se você procura informações sobre aqueles os quais você já não tem contato, você verá que eles não mudaram. Talvez de todos eles, apenas um ou dois tenham transcendido os seus carmas e então mudado de vida completamente, mas você verá que a maioria destes indivíduos continua igual.


Talvez eles tenham um outro trabalho, outro parceiro, tenham conseguido adquirir certas coisas, mas na essência, eles continuam sendo como você os conheceu. Eles ainda são apaixonados pelas mesmas coisas, defendem os mesmos pontos de vista, fecham os olhos para tudo aquilo que eles sempre ignoraram e, consequentemente, continuam tendo os mesmos tipos de problemas.


Mas tudo isso é apenas parte de se estar adormecido em um ciclo. E não é alguém que irá chegar com um ticket premiado da loteria, ou um par romântico que reúna todas as características que eles sempre sonharam que irá tirá-los daí. Apenas eles podem despertar e declarar a si mesmos que já estão cansados de brincar deste jogo e querem experimentar algo diferente.


E Rita diz jogo, porque para o espírito tudo é uma brincadeira. O espírito é uma mãe que deixa a criança ir na parte mais funda da piscina e deixa ela brincar aí o quanto ela quiser. E ela permanece por perto para salvá-la quando esta precisar, mas também ela percebe quando é o caso em que a criança quer morrer então ela simplesmente deixa a criança se afogar para fazer as suas vontades. Porque para o espírito a morte não é nada mais do que o final de um dia, e sempre haverá o seguinte.   
Então lembre-se, Bella, que se você tem uma repetição de um padrão muito definido na sua vida, isso não é porque coincidentemente as pessoas que aparecem no seu caminho são todas iguais. O que acontece é que você ainda esta inconsciente neste ciclo e sua mente quer continuar a brincadeira, então o seu espírito concorda devido à natureza permissiva deste, chamando outros espíritos que também queiram participar deste mesmo teatrinho.


O espírito dos rapazes com os quais você vem se relacionando estão apenas sendo generosos e fazendo o papel que te permite continuar adormecida neste ciclo.


Então veja, despertar não é dizer que não quer mais ninguém na sua vida, pois isso é exatamente o que faria aquela personagem desta peça que você esta vivendo agora. Você deve deixar de ser esta personagem, você deve abrir os olhos e declarar a si mesma que nesta vida você escolhe ser alguém bem sucedida nos relacionamentos.


Esqueça a crença de que os rapazes somem, deixam de te procurar, de que seus namoros nunca dão certo e que a solução é permanecer sozinha. Estas são apenas as falas que definem e que dão vida àquele personagem. Se você as abandona, o personagem restará sem fala e aos poucos irá voltando a ser quem ele é na realidade.


Agora, este relacionamento atual não tem um significado definitivo. Ele pode ser apenas mais uma fase do mesmo ciclo como pode ser o ponto em que tudo irá mudar. Apenas você mesma é capaz de decidir despertar, pois isso não depende da outra pessoa.


Muito provavelmente quando você decidir realmente quebrar o ciclo, este rapaz irá mesmo deixar de te procurar, pois ele era apenas mais um espírito querendo participar daquela brincadeira. Ou se não, é aí que ele irá te procurar, se ele ainda quiser fazer parte da sua vida fora do carma.

Apenas não espere um determinado resultado. Concentre-se primeiro em quebrar o carma e despertar a sua Consciência, e você pode ter certeza que tudo o que vier depois disso será já não mais a ilusão da mente, mas sim a realidade do espírito.

Muitas bênçãos,

Rita Cascia


*FAVOR CLICAR NOS NOSSOS ANÚNCIOS COMO FORMA DE APOIAR O SITE!

*PARA SE TORNAR UMA SEGUIDORA, CLIQUE NO BOTÃO “JOIN THIS SITE” À ESQUERDA E FAÇA LOG-IN COM SUA CONTA DE GOOGLE, TWITTER OU YAHOO!